Minhas férias – Parte I: Argentinos

Na praia onde eu fiquei (Daniela, em Floripa), tinha MUITOS argentinos! Desconfio de que eles tenham fundado a praia ou algo assim. Observei que eles andam em bandos de 20 ou 30 pessoas. Tomam metade da praia, chegam fazendo muito barulho, com crianças correndo e jogando areia da cara das pessoas, os homens gordos e de sunga [!], mulheres “puro botox” e todos sem exceção super vermelhos. Começo a desconfiar que protetor solar não é vendido por lá.

Eu particularmente os acho engraçados e muito barbeiros na direção, tanto é que um atropelou meu irmão!

Bem se sabe que na Argentina não tem ou é bem rara as pessoas negras. Ok. Num dia fui almoçar no shopping com minha irmã e três amigas negras. Ok again. Na praça de alimentação, elas foram paradas por uma guria que pedia, ou melhor, quase implorava pra tirar fotos com elas. Pediu num tom de admiração incrível e ficava dizendo que adorava a cor da pele delas. Achei o máximo e um tanto curioso também.

Eu sei que é raro lá e tal, mas a ponto de pedir pra tirar fotos? Azamigas disseram que isso é bem comum, e que elas já estão acostumadas. Achei também um pouco falta de educação. Algum brasileiro, por exemplo, pede pra tirar foto com um americano quando vai nos EUA? Pede pra tirar foto com um japa quando vai no Japão?  Tá, acredito que alguns façam isso mesmo, mas EU não faria. Não acho de bom tom [sempre quis falar/escrever isso]

Parte II : Milho verde, queijo qualho e tatuíras. Aguardem. (:

Leave a comment

4 Comments

  1. Que bom que não deu nada errado na viagem em si!!!

    Nunca tinha ouvido falar disso aí não, mas também acho que não faria o mesmo, parece uma coisa de fazer as pessoas diferentes dela de ‘monumento’, como se fosse uma coisa turística, sei lá. E fazer isso com pessoas considero a maior falta de respeito!!! E se fizessem comigo, eu ia sair fora, onde é que já se viu?! Rs…!

    Aguardando o resto do relato da viagem!!!
    Um beijo!

    Reply
  2. amymuuh

     /  February 4, 2011

    Caramba, parar para tirar foto com brasileiro é realmente estranho hein!
    Por outro lado, é algo interessante. Os negros são super mau tratados aqui no Brasil e um argentino os acha tão lindos e maravilhosos que chegam a implorar por fotos!
    Coitado do seu irmão por ter sido atropelado hahah
    Mas, cá pra nós? Se pedissem pra tirar foto comigo eu nunquinha que ia deixar! Vai saber quais são as reais intenções da pessoa?

    Reply
  3. EVVA

     /  February 4, 2011

    AI ADORO essas férias *-* que delicinha!
    Achei meio estranho essa história aí, não sabia que não tinham negros na argentina, fiquei de queixo caido o.o auhsausauhsuasuhas burra horrores
    Saudades peque

    Reply
  4. Quando eu morava em Floripa, eu ia sozinha num cantinho da praia de Jurerê Tradicional queimar las pelancas escondidinha. Certa vez passaram 4 arrentinos. Todinhos de sunga, meias até os altos da canela e tênis. Me pediram para tirar uma foto deles. Atenção. Eu fiquei parada, eles andaram um pouco pra trás, correram e pularam. Queriam uma foto jumping artística.
    Eu nunca mais voltei naquele canto…

    Reply

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: