Eu e meus dentes.

Assuntinho cretino, né? Acontece que meus dentes estão me incomodando muito nesse exato momento então eu preciso escrever sobre eles.

Bom, pra começar devo dizer que não tenho o sorriso mais lindo do mundo, apesar do que diz meu namorado que né, cego de amor, diz qualquer coisa. hahaha

Só o que impede de eu ter um sorriso bonito é um MALDITO DENTE que, prestem atenção, nasceu quase no céu da boca. É essa hora que vocês ficam assim O.O e falam: “nossa!” Pois é. E sabe porque o filho da puta resolveu nascer lá? Porque todos os outros dentes resolveram praticar bullying com ele, e não deixaram um mísero espaço pra ele entrar no grupo. Maldade, né? Também acho.

Isso aconteceu quando eu tinha uns 10 anos de idade. Ou seja, há 10 anos. E há 10 anos o aparelho dental era caro. Bem, pelo menos era caro para as condições da minha família. Ok. Fui levando.

E confesso que eu poderia ter colocado o aparelho depois, quando as c0ndições estavam melhores, mas simplesmente esqueci, me acostumei com o dente, que veio mais pra frente na tentativa inútil de se juntar aos outros. Em vão, em vão.

Eu sabia, na minha pequena cabeça, que ia ter um momento da minha vida que eu teria que dar um jeito nisso. Well, o momento chegou.

Meus cisos resolveram dar o ar da graça. E porra, DÓI MUITO. Pra quem não sabe, o ciso é o dente do juízo e é extremamente sofrido [pelo menos pra mim] quando eles nascem. Aí tu pensa: bom se não teve espaço nem pro coitado que nasceu no céu da boca, como esses cisos vão ficar?

AÍ ESTÁ. Eles não vão ficar. Vão ir embora. Fui na dentista, bla bla, vou ter que extrair os quatro e mais dois de cima pro dentinho voltar pro lugar que sempre foi dele, e claro, por o aparelho. Claro que eu fiquei receosa de tirar os dentes, mas eu prefiro tirar eles sem anestesia do que continuar sentindo essa dor. mentira

Esse post não é para dar a notícia de que finalmente vou arrumar meu sorriso. É só porque eu to com a bochecha direita super inchada, doendo, quente e acho que to com febre.

E digo uma coisa pra vocês: Not funny.

Advertisements